Benefícios

Benefício ao portador de Microcefalia no INSS

O INSS aprovou o benefício ao portador de Microcefalia com a medida provisória 894/19, que já foi publicada no Diário Oficial da União, essa MP assegura pensão especial vitalícia de um salário mínimo para crianças vítimas de microcefalia decorrente do vírus zika. O benefício será concedido aos nascidos entre 2015 e 2018, quando a incidência da doença no País.

A pensão substituirá o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que é um auxílio no valor de um salário mínimo que foi concedido pelos três primeiros anos de vida das crianças vítima de microcefalia pela Lei 13301/166, e essa concessão foi incluída na lei pelo Congresso Nacional, quando discutiu a MP 712/16.

A família que se enquadra ao benefício ( criança com microcefalia relacionada à infecção pelo vírus zika, e ter nascido entre 2015 e 2018). Deve requerer a pensão especial ao INSS, o processo envolverá uma avaliação da condição da criança por meio de perícia médica, e será realizada uma relação entre a malformação e o vírus zika, explicaremos mais os procedimentos na sequência.

 benefício ao portador de Microcefalia

Etapas para pedido do benefício ao portador de Microcefalia.

  • Efetuar o cadastramento do beneficiário e sua família no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo FederalCadÚnico.
  • As Famílias já inscritas devem estar com o CadÚnico atualizado (máximo de 2 anos a última atualização) para fazer o requerimento no momento da análise do benefício.
  • Solicitação do benefício pelo Meu INSS.

Passos para a solicitação do benefício.

  1. Acesse o Meu INSS
  • Faça login no sistema, escolha a opção Agendamentos/Requerimentos.
  • Clique em “novo requerimento”, “atualizar”,  atualize os dados que achar pertinentes, e clique em “avançar”. Digite no campo “pesquisar” a palavra “microcefalia” e selecione o serviço desejado.
  • O segurado será previamente comunicado nos casos em que for indispensável o atendimento presencial para comprovar alguma informação.

2. Acompanhe o andamento pelo Meu INSS, na opção Agendamentos/Requerimentos.

Documentos solicitados para o benefício ao portador de Microcefalia.

  • Procuração ou termo de representação legal, documento de identificação com foto e CPF do procurador ou representante, se houver;
  • Documentos que comprovem a Deficiência. Exemplo: atestados médicos, exames, etc.

Formulários solicitados para o benefício ao portador de Microcefalia.

Formulário Único de Alteração da Situação do Benefício: apresentar se o requerente recebe um benefício ao qual deseja renunciar para ter direito a outro. Não é possível renunciar a aposentadoria por tempo de contribuição, idade e especial;

Informações importantes para o benefício.

  • Comprovação da deficiência: a deficiência é analisada pelo Serviço Social e pela Perícia Médica do INSS;
  • Adicional de 25% para beneficiário que precisa de assistência permanente de terceiros: somente o aposentado por invalidez possui este direito;
  • Concessão ao português: o português pode ter direito ao benefício, desde que comprove residência e domicílio permanentes no Brasil;
  • Requerimento por terceiros: o cidadão tem a opção de nomear um procurador para fazer o requerimento em seu lugar. Consulte também informações sobre representação legal. No entanto, o requerente deve estar presente para a avaliação social e a perícia médica;
  • O benefício será concedido ou mantido para inscrições no CadÚnico que tenham sido realizadas ou atualizadas nos últimos dois anos;

Sempre ressaltamos a dificuldade e a burocracia de ter o seu benefício concedido, se no decorrer do pedido houver dificuldades, sempre busque por informações com advogados especialistas em Previdência para resolverem as contestações do INSS.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.