aposentadoria

Problema na fila do INSS para aposentadoria

O Instituto Nacional do Seguro Social está sofrendo com o seu sistema, principalmente com a adaptação às novas regras aprovadas em 2019, a realidade é que o INSS enfrenta problema na fila do INSS para aposentadoria.

O acúmulo de pedidos alcançou o número de 2 milhões, os principais afetados são os que buscam por aposentadoria, mas também há relatos de atraso para pedidos de salário maternidade e auxílio doença.

O principal problema é que conforme o tempo passa novos pedidos são acrescentados a fila, e mesmo sendo anunciado em Agosto algumas medidas para diminuir a fila, continua a aumentar.

Problema na fila do INSS para aposentadoria
SÃO PAULO, SP, 10.07.2019: Fachada de agência do INSS na zona sul de São Paulo. (Foto: Bruno Rocha/Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 1760396

O que fazer para acelerar o Processo?

Existem contribuintes que por diversas razões não podem apenas esperar por sua análise, pois precisam resolver logo seu benefício, e para isso é importante contar com um advogado especialista de confiança.

Embora ele não possa pular a vez na análise, o seu serviço especialista garantirá que não volte a “pasta” com o pedido de documentação extra, e esse serviço poupará uma reanálise da sua aposentadoria.

Quer receber uma consultoria gratuita? clique aqui e nos conte como podemos ajudar.

Já conhece o blog Montenegro Morales? Lá há diversos artigos de diferentes assuntos da Previdência Social.

Governo Anuncia aumento do efetivo para o problema na fila do INSS para Aposentadoria

No dia 14 de Janeiro, foi anunciado pelo Governo Federal um conjunto de medidas para reduzir a fila e acelerar o acesso a benefícios concedidos pelo INSS, na data havia 1,3 milhões de pessoas com pedido em análise maior que 45 dias.

A solução parte do aumento de efetivo, são 7 mil militares da reserva, destinado às operações como: restrição às cessões de servidores do INSS a outros órgãos, simplificação e redução da burocracia no atendimento aos segurados e uma perícia preferencial nos servidores afastados do Instituto.

Em quanto tempo o Governo irá resolver o problema na fila do INSS para Aposentadoria.

O Governo trabalha com uma expectativa que no sexto mês após efetivar a implementação das medidas, a fila esteja com os pedidos correndo de forma compatível (mensal), palavras do Secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (Rogério Marinho).

Como será feito o procedimento para resolver o problema na fila do INSS para aposentadoria.

Segundo o Secretário, o efetivo terá como objetivo chegar a um equilíbrio entre número de pedidos pendentes como o atendimento mensal, por isso o aumento do efetivo, pois acelerar o atendimento é o principal meio de alcançar esse objetivo.

Serão 7 mil militares da reserva, que serão escolhidos de forma voluntário, vão receber um incremento na sua remuneração mensal de 30% durante o período trabalhado, e vão atuar diretamente no atendimento, recebendo o treinamento adequado, dessa forma os servidores do INSS poderão atuar na análise de processo.

Quais foram as outras medidas para resolver o problema na Fila do INSS para Aposentadoria

Outra medida anunciada foi a limitação para cessão de profissionais a outros órgãos, que ficará limitada apenas à Presidência da República e à Secretaria Especial de Previdência e Trabalho e a cargos de Direção e Assessoramento Superior (DAS) 4 ou acima.

Outra medida é acelerar a perícia médica para os 1514 servidores do INSS afastados por licença médica, o Governo espera que possa conta com pelo menos 60% desses servidores para voltar às atividades.

Redução da burocracia

Já sabemos que a burocracia torna o processo moroso e lento, por conta disso alguns processos serão alterados. por exemplo, não haverá necessidade de autenticação de todos os documentos,  os convênios com empresas para auxiliar no envio de documentação do trabalhador serão ampliados, e os entendimentos da súmulas judiciais devem ser adotadas em litígio.

Aumento de produtividade para  resolver o problema na Fila do INSS para Aposentadoria.

As medidas adotadas em Agosto de 2019, foram com objetivo de elevar a produtividade e diminuir o tempo de espera, e afirma que haverá pagamento de bônus financeiro por produtividade extraordinária, além de possibilitar o teletrabalho e o semipresencial, transformações digitais e a concessão automática de benefícios são medidas que também estão em execução.

Marinho explicou ainda que essas medidas vão ao encontro às já adotadas em 2019 para elevar a produtividade e diminuir o tempo de espera do segurado. Entre as medidas já adotadas, Marinho citou o bônus financeiro por produtividade extraordinária, os regimes de trabalho semipresencial e de teletrabalho, a transformação digital e a concessão automática de benefícios.

Os números do período de Agosto a Dezembro demonstram que a produtividade realmente tem crescido, pois haviam 23 mil servidores do órgão ( o menor da história) e tiveram a maior produtividade da história com 9,4 milhões de conclusões de benefícios.

Concessões automáticas para  resolver o problema na Fila do INSS para Aposentadoria.

O Presidente do INSS acredita que há potencial de crescimento das concessões automáticas. Por exemplo, a Aposentadoria por tempo de contribuição que possui o maior volume de requerimento do INSS, e no ano de 2019 apenas 2% foram concedidos de forma automática.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.